terça-feira, 21 de junho de 2011

MUDANÇA

Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa.

Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua. Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.
Tome outros ônibus.

Mude por uns tempos o estilo das roupas. Dê os seus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias. Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.

Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda. Durma no outro lado da cama... Depois, procure dormir em outras camas. Assista a outros programas de tv, compre outros jornais... leia outros livros.
Viva outros romances.

Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Durma mais tarde. Durma mais cedo.

Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.
Corrija a postura.

Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias.

Tente o novo todo dia. O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor.
A nova vida. Tente. Busque novos amigos. Tente novos amores. Faça novas relações.

Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida, compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.

Escolha outro mercado... outra marca de sabonete, outro creme dental... Tome banho em novos horários.
Use canetas de outras cores. Vá passear em outros lugares.

Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.

Troque de bolsa, de carteira, de malas, troque de carro, compre novos óculos, escreva outras poesias.

Jogue os velhos relógios, quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.
Abra conta em outro banco. Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.

Mude.

Lembre-se de que a Vida é uma só. E pense seriamente em arrumar um outro emprego, uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.

Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino. Experimente coisas novas. Troque novamente. Mude, de novo. Experimente outra vez.

Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa.

O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia.
Só o que está morto não muda !

Repito por pura alegria de viver:
a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não vale a pena!

edson marques

**********************************************************************************************

Encontrei esse belo poema tendo Clarisse lispector como autora.

Após alguns comentários, acessei o blog do verdadeiro escritor e pude constatar que pertence a ele.

aproveito esse espaço para divulgar o poema de forma correta e dizer que até o paulo coelho se "apropriou" do poema. Isso você pode ver aqui.

penso que se eu escrevesse algo tão lindo gostaria de ser respeitada, tendo os devidos créditos e faço o mesmo pelo edson.

para conhecer mais o seu trabalho, acesse o blog aqui.

7 comentários:

Adriana ,Sofya e Emanuelle disse...

Oii

posso te pedir uma coisa! ?? rss

Arrume a autoria...Esse texto não é de Clarice e sim de Edson Marques!

Veja aqui
www.mude.blogspot.com


Bjssss

Amina disse...

Querida flor...
Confesso que não me interessa de quem é a autoria do texto- como comentou a amiga acima.
as vc estava inspirada... Precisava "ouvir" essa fala.
Abençoada seja Sra Fiandeira

Muita luz para vc e sua familia

Bj

Adriana ,Sofya e Emanuelle disse...

realmente o texto é lindo e motivador!
já me deu inspiração de vida em vários momentos dificeis na minha vida!

mas os créditos devidos devem ser dados, concorda? rs.
Conheço Edson Marques a anos e sei de sua luta para desfazer o grande mal entendido que ronda esse poema e o nome de Clarice...Por isso que faço minha parte!!

E que possamos mudar SEMPRE :)

Adriana ,Sofya e Emanuelle disse...

e Edson Marques tem tantassssssssssssss coisas lindas... tantos textos...

com certeza sou outra pessoa depois que o conheci!!

Bjs!

Danielle disse...

Obrigada pelo post... eu mesma cometi este erro pois recebi este lindo texto como sendo de Clarice Lispector, achei tão lindo e profundo q postei em meu blog... hj atráves deste post pude consertar este engano e dar a devida autoria. A internet tem destas e por isso que é tão importante consertar os maus entendidos...

Juliana disse...

Esse texto é lindo mesmo e inspirador!

Rosicler disse...

Muito lindo esse texto e principalmente inspirador.

Abraços,
Rosicler